Cuidados com a Máscara de Gás


Muito bem, depois de economizar o salário por meses, e esperar mais alguns meses para a encomenda chegar, você conseguiu a sua primeira máscara de gás, e agora?

Antes de começar a brincar, saiba que uma máscara de gás requer diversos cuidados para mantê-la em bom estado e preservar o máximo da sua vida útil. As dicas a seguir são os cuidados que eu tomo. Eu sou uma pessoa muito cuidadosa com meus materiais, algumas pessoas podem achar que é exagero essa minha atitude. Bem, cabe a você aceitar esta dica. E aqueles que possuírem mais dicas sobre como manter uma máscara, fiquem a vontade para postar nos comentários. Estas dicas se aplicam para as pessoas que usam máscara de gás como fetiche!

Uma coisa primordial é o cuidado com o latex. A grande maioria das mascaras são feitas de latex ou material semelhante. Deve-se polir essas partes freqüentemente para evitar que resseque e esfarele. Além de dar o brilho, coisa que enche muito os olhos de fetichistas de latex.

NÃO se deve usar qualquer material para polir e ‘nutrir’ a borracha, deve-se usar um produto próprio para este fim. Pois a maioria dos produtos no mercado (inclusive spray de silicone automotivo) possuem derivados de petróleo em sua composição. Derivados de petróleo literalmente dissolvem o latex, coisa que você não vai querer ver acontecer na sua máscara nova. 😛

ShinyInfelizmente esses produtos de manutenção (shiny) são importados e caros. Um spray com 100 ml custa por volta de R$ 40,00. Este produto você pode encontrar em qualquer loja especializada em artigos BDSM e Latex. Sim, máscaras de gás é um fetiche caro…

Eu faço a manutenção das minhas mascaras a cada 15 dias, independente de ter sido usada ou não. Deve-se espalhar o óleo uniformemente pela máscara na parte de borracha o suficiente para ‘nutrir’ e manter o aspecto brilhante, uma fina película. Não é necessário deixar ela pingando de óleo. Deve-se ter atenção também nas tiras que prendem o gancho de fixação da mascara. Pois esta é a primeira parte a se deteriorar no processo de envelhecimento do latex. O primeiro sinal disso são pequenas estrias secas na borracha. Daí não há mais volta.

Outros cuidados que eu tomo são evitar tensionar os straps (as tiras de fixação) da máscara desnecessariamente. Principalmente na hora de tirar e colocar a mascara. Não tenha preguiça e afrouxe as tiras para colocar e aperte quando estiver colocado. Não é necessário apertar muito. Para verificar se a máscara está bem colocada, tampe a entrada de ar da máscara com a mão e respire. Se sentir pressão negativa na máscara, significa que ela está bem colocada.

Deve-se também guardá-las em local seco e arejado. NUNCA as deixem expostas direto ao sol e ao calor. Você sabe o que acontece quando se deixa elástico no sol, certo?

Ao guardar a máscara, certifique-se que as tiras que prendem os ganchos de fixação não estão dobrados, para não deixar tencionado e enfraquecer o material.

Unhas: Principalmente as mulheres. Extremo cuidado ao usa-las. Ao menor dano no material, mesmo que milimétrico, pode-se criar um grande rasgo na borracha.

Outro cuidado que eu tomo e sempre lembro a minha sub toda vez que fazemos uma seção, é de sempre usa-la sem maquiagens, cremes, e outros produtos que possivelmente podem trazer algum dano à mascara.

O filtro da máscara também deve se ter uns cuidados, apesar da utilidade dele em alguma cena seja nulo, e que a sua falta não irá trazer riscos a vida (pelo menos até onde eu posso imaginar), deve se ter cuidado para não molhar o filtro. Se entrar agua no filtro, ele irá molhar o carvão ativado, e este pode ser inutilizado, ou perder a capacidade de filtragem. Além de te asfixiar caso esteja usando a mascara, pois o filtro fica ‘irrespirável’ com o carvão molhado.

SaboneteDepois do uso, seque a máscara. Principalmente do suor e a condensação do ar. Eu geralmente após secar com um papel higiênico, deixo alguns minutos secando ao ambiente (longe do sol!). Não guarde a máscara úmida, para evitar mofos e odores desagradáveis.

Deve-se também higienizar a máscara utilizando um sabonete próprio para esse tipo de material, também importado e caro. Por volta de R$ 30,00. Já ouvi falar que dá pra usar sabonete Johnson para bebês e outros produtos suaves. Mas eu prefiro não arriscar.

Bem, esses são os cuidados que eu tomo com as minhas máscaras. E até então não tive problemas. Sugestões? Deixe um comentário! 😉

9 comentários sobre “Cuidados com a Máscara de Gás

  1. Pingback: Cuidados com o Latex « GasMask
  2. Pingback: Réplica ao Comentário « GasMask
  3. Pingback: andreas04: close to attraction
  4. Pingback: GasMask - BDSM
  5. Pingback: GasMask - BDSM
  6. Pingback: Cuidados com a Máscara de Gás II « GasMask
  7. bem vc deve ser no minimo retardado mesmo. procure um psiquiatra com urgência, tenho 2 mascaras de gás israeli aki e varios filtros NBC mas só comprei essa merda caso seja mesmo necessario .em caso de epidemias etc. sei la;nunca se sabe.

    Verdade (23:15:33) :

    Você é doente! Procure um psiquiatra! Vá se tratar! Isto é sério!

    concordo plenamente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s