SSC x RACK


latSão, Seguro e Consensual. Três princípios Básicos muito bem difundidos dentro da comunidade BDSM. Mas acredito que poucos ouviram falar sobre RACK: Risk-Aware. Consensual Kink. Dois princípios quase que ambíguos que causam discussões acaloradas no meio BDSM. Neste artigo irei analisar ambos. Há diversas interpretações sobre estes termos, neste artigo irei expor o meu entendimento.

SSC: Principio que exige sanidade, segurança e consensualidade. Ou seja, para praticar é necessário estar em sã consciência (distinguir fantasia da realidade e não estar sob efeito de drogas) e saber dos riscos que envolvem, ter segurança (acima de tudo) pois as atividades possuem um grau de risco e Consensual, deve haver consensualidade entre as pessoas envolvidas, vontade própria para participar. Não vou me aprofundar muito aqui pois suponho que a maioria sabe sobre o SSC.

RACK: “Risk-Aware. Consensual Kink” (Conhecimento de Risco. Tara Consensual) Ele reconhece o risco, mas não necessariamente se diz em fazê-lo seguro. A segunda parte não há problemas, o grande problema se encontra na primeira. Risk-Aware diz basicamente em “Prefiro correr o Risco”, o que com certeza vai contra o SSC.

Bem, agora vamos filosofar um pouco sobre alguns tópicos…

ssc

O conceito de segurança, sanidade, consensualidade e risco é muito subjetivo. Cada um interpreta de um jeito, de níveis diferentes. Por exemplo, o meu conceito de segurança pode ser diferente do seu, assim como o conceito de risco. Se formos analisar isso a fundo, Risco é tudo que nos rodeia. Desde atravessar a rua, até spanking. Tudo corremos o risco. Nada está livre de risco.

Vamos analisar agora a realidade com a utopia. Sinceramente, quem aqui não teve vontade de correr um risco? Ou então ver uma cena hardcore? Nós no fundo não gostamos de uma eventual atividade não-consensual (lembre-se que há níveis e níveis)? O que praticamos, não é RACK? Claro que precisamos separar a fantasia da realidade, uma coisa é vc desejar o que está em um vídeo BDSM “fantasioso que passa dos limites”, e outro é a sua vida.

Há pessoas que defendem que o SSC é pra “iniciantes” e RACK é para os “mais experientes”, pelo fato didático. Do tipo pré-primário, “aprender o certo (e de certa forma) utópico no começo da formação para sermos boas pessoas no futuro”.

rack

Então vc me diz: “Então vc está me dizendo q vale a pena correr risco com o RACK?”. Resposta pessoal: Não. Lembre-se que quando nós aceitamos o risco neste caso, ficamos mais “a vontade” e com o tempo deixaremos de nos policiar, aumentando cada vez mais a possibilidade de um acidente. Com o SSC, já temos treinado e martelando na nossa cabeça a segurança acima de tudo, diminuindo a chance de acidentes. Então vc me diz: “Ah, q nada. Vou me concentrar sempre na segurança”. Bem, então não é bem mais fácil seguir o SSC?

Qual o certo? Qual o errado? Bem, analisando pelo SSC, o RACK está errado. Agora analisando o RACK, o SSC é “cafona”. Bem, acho q cada um vai ter que seguir uma linha. Eu já escolhi: SSC. Qual é a sua?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s