Mais Palhaçadas…


Hoje, a Folha de São Paulo publicou mais detalhes sobre o “Escândalo da FIA”, criado pelo tablóide Britânico News of the World.

Um grande problema da mídia é que não podemos confiar nela. Elas distorcem os fatos, exageram e argumentam coisas para que pareçam bem ou mal para o leitor, dependendo do editor, ou das influências de poderosos que ela se submete. Entrando no site do jornal, nota-se claramente como esta empresa não tem escrúpulos. O modo como escrevem, os exageros e as prováveis distorções que este jornal faz. Para instigar as pessoas a colaborar com esta vergonha, há um banner no site em que diz: “Venda a sua história por dinheiro”. Onde com certeza alguma das envolvidas na cena, guiada pela ganância, enviou o video ao jornal.

Veja o que o sensacionalismo é capaz de fazer sobre uma cena BDSM:

“(…) mais detalhes da suposta orgia nazista protagonizada pelo presidente da FIA (…) com cinco prostitutas”

De uma cena BDSM, o jornal passou a tratar como uma “Orgia Nazista” com prostitutas. É incrível o sensacionalismo desse jornal vergonhoso, que exagera a história para elevar as vendas.

Segundo o jornal, a cena teria sido de um “comandante de um campo de concentração que dá ordens em alemão às prostitutas e as ‘castiga’ com um chicote” .

“Dominatrix Profissional” esta pessoa não é, para fazer tal tipo de coisa, entregando a fita ao jornal para ganhar dinheiro. A ignorância dela sobre o BDSM é tamanha, que ela afirma: “Mosley é um verdadeiro sadomasoquista, já que, além de gostar de ser castigado, ele também gosta de punir.” Explicou o obvio. E não sei qual o espanto dela, já que teoricamente ela seria uma Domme.

Outros trechos do jornal:

“”Tudo foi gravado com uma câmera para que pudesse ser visto de novo mais tarde”, afirma a fonte, que diz que não é a primeira vez que o presidente da FIA usa estes serviços.

O cliente queria uma “dominatrix” (profissional realiza fantasias de clientes submissos) alemã –Mistress Zena, que se vestiu com uniforme militar–, junto com outra jovem que também se uniformizou, explica a fonte ao jornal.

Todo o vestuário foi obtido em lojas onde são vendidos excedentes de produção do Exército alemão, acrescentou.

“Fui advertida de que a maior parte da conversa seria em alemão, por isso não a entenderia”, lembra a fonte ao relatar sua experiência.

“Disseram para mim que esperasse uma temática nazista, com humilhantes inspeções corporais, brutalidade e duas meninas submissas, chamadas Leah e JD, que seriam as prisioneiras do campo”, explica.

Segundo a fonte, Mosley pagou 2.500 libras (aproximadamente 3.100 euros) pela organização da orgia, e informou “exatamente” o que queria.”

Certo, agora filmar cenas eróticas é crime? Não existem casais baunilhas que gravam sua cenas intímas?

Ok, informações de quem vestiu e onde se conseguiu o uniforme. Meu avô coleciona militaria, inclusive uniformes e medalhas da segunda guerra. Isso significa que ele é nazista? Outra coisa. Uma coisa é fantasia, outra é realidade. O tema nazista de fato não é um dos melhores temas para se usar numa cena. Mas este jornal trata o assunto como se ele tivesse feito algo de ruim com elas. Como se vc vestisse o uniforme, e vc fosse possuído pelo espírito de Hitler. Outro ponto: O que um não quer, dois não fazem. Ela concordou e participou. Se ele é “culpado”, elas são cúmplices. Por que esse jornalzinho não vai pegar também no pé do principe boyzinho que se vestiu de Nazista numa festa a fantasia?

Ela foi advertida que seria uma cena de temática nazista e ele explicou exatamente o que queria. Que bom, né? Ela queria que ele fizesse uma “surpresa” pra ela, sem nenhum planejamento?

São pessoas assim, esses falsos praticantes de má fé, que estragam a imagem do BDSM. E acima de tudo, estas fábricas de noticias que exageram para ganhar mais dinheiro. Espero que as pessoas tenham bom senso e vejam esse verdadeiro lado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s