Gênios Kinky


Vi este artigo muito curioso sobre a vida dos gênios entre quatro paredes. Não garanto total veracidade do conteúdo, mas é curioso saber que no fundo os gênios também tem suas taras…

Albert Einstein

Ele foi casado duas vezes, sendo uma delas com uma prima. Mas o mais curioso era que ele traiu ambas com mais de 10 amantes! Mais que isso, no seu primeiro casamento ele estipulou uma lista de regras, entre uma delas era de “não esperar intimidade ou fidelidade”.

Ainda mais do que isso, antes dele se casar com sua prima, ele quase se casou com sua filha de 22 anos (Sua prima era prima de primeiro grau de parte de mãe e prima de segundo grau por parte de pai). Dizem também que ele tentou alguma coisa com a irmã de sua prima. Que coisa, não?

Mozart

Mozart era um gênio. Criou mais de 600 músicas. Mas quando ele não criava suas obras ele escrevia cartas para sua prima, poemas, vamos dizer. Mas a parte mais curiosa era o conteúdo dos poemas.

Escatologias. Sim, isso mesmo. Tudo o que você imaginar em relação a fezes. Mais que isso, ele também escrevia cartas para sua mãe.

“Yesterday, though, we heard the king of farts/ It smelled as sweet as honey tarts/ While it wasn’t in the strongest of voice/ It still came on as a powerful noise.”

“I now wish you goodnight, shit in your bed with all your might, sleep with peace on your mind and try to kiss your own behind. […]”

Para os curiosos, use o google translator.

Outra coisa, as suas composições não se limitava as cartas. O mesmo gênio que criou Concerto de Piano n 4 também criou uma música chamada “Lambe Meu C*“.

“Lick my ass nicely,
lick it nice and clean,
nice and clean, lick my ass.
That’s a greasy desire,
nicely buttered,
like the licking of roast meat, my daily activity.
Three will lick more than two,
come on, just try it,
and lick, lick, lick.
Everybody lick his own ass himself.”

Percy Grainger

Para aqueles que não sabem, ele foi um compositor/pianista  Australiano no século passado em que suas obras foram invoações que só foram reconhecidas décadas depois. Ele acumulou uma quantidade considerável de riqueza nesse tempo.

Quando ele morreu ele doou a universidade de Melbuorne uma considerável quantia de sua riqueza, bem como milhares de fotos dele, 83 chicotes, um par de shorts encharcados com sangue dele. Sim, ele era masoquista.

Dizem que o quarto dele era coberto de espelhos para que ele pudesse ver de todos os ângulos ele ser espancado, até sangrar, por sua mulher.

Thomas Edward Lawrence (Lawrence of Arabia)

Tenente Coronel Lawrence, também conhecido como Lawrence da Arábia era um oficial do exército britânico que participou da grande revolta árabe contra os Otomanos. Ele era um líder, autor e herói. Até um filme foi feito baseado em sua vida.

Mas, entre quatro paredes, melhor, dentro das tendas, Lawrence pagava a John Bruce para ser espancado com uma cane e escrever detalhadamente o ato.

Lawrence também escreveu um livro autobiográfico chamado “Os sete pilares do conhecimento” em 1922. Ele conta uma história ricamente detalhada em que ele é capturado pelos Turcos e brutalmente violentado. Alguns estudiosos acham que este fato nunca aconteceu, mas que era uma fantasia sexual dele.

Jean-Jacques Rousseau,

Não é preciso dizer muito sobre ele. Foi o maior filósofo de todos os tempos. A sua idéia de Contrato social inspirou inclusive a declaração de independência dos EUA, bem como a constituição.

Ele escreveu uma autobiografia, ainda vivo, com detalhes completos de sua vida. Adivinhem? Ele era masoquista! Adorava spanking.

Em seu livro ele atribui a sua preferência pelo spanking quando ele tinha oito anos de idade e foi espancado por sua mãe adotiva. “Quem diria que esta disciplina infantil, recebida aos oito anos de idade, de uma mão de uma mulher de 30, influenciaria meus desejos pelo resto da vida[…]”

Dizem que ele não conseguia controlar seu prazer pelo spanking. Ele chegava a correr com as calças baixas atrás das mulheres com esperança de que elas batessem nele.



Fonte: Cracked

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s