Tipos de Coleiras


A coleira na vida BDSM é algo sério. É um símbolo de comprometimento de submissão e tem a mesma importância que um anel de noivado. A coleira não só simboliza o comprometimento, amor, posse e devoção como também qualifica honra, respeito e confiança.

Coleiras podem ser feitos de materiais leves como algodão, ou materiais pesados como o couro. As coleiras tradicionais são feitas de couro ou metal e possuem anéis. Há também coleiras específicas para exibição, que normalmente é mais para efeito visual do que funcional, dependendo de como foi feito. Como usar uma coleira tradicional pode interferir na vida profissional e social da pessoa, submissos (as) muitas vezes usam gargantilhas. Estes podem ser de pérolas, fitas ou qualquer outro tipo de colar. Coleiras geralmente oferecem fivelas, tiras, ganchos travas e outros anexos. Coleiras de metal também são utilizadas por alguns e colares com trava também são considerados coleiras. Uma minoria escolhe usar uma coleira com cadeado permanente (a trava é acionada e não há como abrir), e só é possível ser retirado cortando a coleira.

Segue abaixo exemplos de diferentes tipos de coleiras.

Coleira de consideração ou Proteção.

Esta coleira é tradicionalmente usada no começo do relacionamento. A coleira de consideração sinaliza para outros dominadores e submissos que está se formando um potencial relacionamento sério. Esta coleira é oferecida de forma séria e com intenção. O submisso (a) que aceitar esta coleira é igualmente sério no entendimento de que o relacionamento está em um estágio diferente.

Esta coleira em particular é usada por um novo submisso em vários eventos que ele/ela estiver sob proteção do dominador. Você já deve ter visto esta coleira em uma play junto com um dominador que garantiu proteção. Toda a aproximação com o submisso que utiliza essa coleira deve ser feita através do dominador de quem está sob os cuidados. Normalmente a coleira é colocada no (a) submissa  antes da festa/evento/play de forma que seja visto por todos e tirada depois. Deixando bem claro que serve apenas para proteção. Durante este tempo, no entanto, a submisso irá atuar exatamente como se fosse propriedade do dominante em qualquer área da servidão. Com esta “proteção” o escravo não pode participar de uma cena ou play sem a permissão, e em muitos casos, a presença do dominador responsável. A coleira simboliza abertamente a outros dominadores que este submisso está fora dos limites dos outros e o honrado dominador não deverá ir atrás deste submisso de qualquer maneira. No entanto, o escravo tem o direito de pedir uma play ou cena com uma pessoa específica ou rejeitar respeitosamente. Esta é uma coleira temporária e normalmente é devolvida depois que o evento é cancelado.

A coleira de consideração pode ser um bracelete, um cinto, tornozeleira, ou qualquer outro acessório. Tradicionalmente a coleira de consideração é feita de couro com tons de azul. O tom da cor azul não é tão importante. Geralmente é uma coleira bem simples sem trava ou cadeado. Sem anel ou então um bem pequeno.


Coleira de Treinamento.

Esta é a segunda coleira a ser trocada entre o dominador e o submisso. Geralmente é um prelúdio de uma coleira formal e é usada enquanto o submisso está sendo treinado e aprendendo seus deveres segundo seu dominador. Em diversos casos o dominante e o submisso podem considerar em tentar morar juntos.

A coleira de treinamento é oferecido pelo dominador depois de passado um período de tempo onde eles tiveram uma exaustiva seção de conversas e explorado suas características, interesses, necessidades sexuais, desejos e estilo de vida para verem se serão compatíveis em áreas suficientes para se mover adiante em um relacionamento mais profundo. Em diversos casos aqui é onde o relacionamento é testado fisicamente , mentalmente e emocionalmente.

A aceitação desta coleira pelo submisso indica que este concorda em seguir num relacionamento muito mais profundo com o dominador, poderá envolver sentimentos sérios, emoções, comprometimento e responsabilidades. Muitos entram num estado emocional profundo e pode expressar devoção verdadeira, amor, honra e respeito mútuo.

Durante este tempo ele/ela é um mero submisso. O submisso pertence ao dominador, está sobre o treinamento por um tempo específico. Neste ponto da jornada, ele/ela é considerada submisso do dominador, mas nenhum contrato foi assinado ainda. O submisso pode considerar a hora do noivado. O namoro acabou e o treinamento começou. Agora suas ações trazem conseqüências e muitas vezes, ou não, é o período de término de muitos escravos e dominadores. Este período pode variar de casal pra casal. Geralmente é utilizado dois anos, mas cada um estipula o seu próprio. Depois desse período, o submisso provou que é o escolhido de seu mestre, e novamente termina o processo. O próximo estágio pode ser a cerimônia oficial de encoleiramento.

A coleira de treinamento tradicional é geralmente feita de couro. É geralmente lisa e pode ser preta ou vermelha. Muitos dominadores oferecem coleira de treinamento em uma corrente.

Coleira Formal, Coleira de Escravo ou Coleira Permanente.

É dado pelo dominador como símbolo de relacionamento entre eles. Ele representa amor, honra, respeito e lealdade. Esta coleira geralmente é apresentado numa cerimônia em frente de testemunhas e é muitas vezes acompanhado de uma marca permanente no submisso. É o reconhecimento do compromisso, sentimentos profundos, devoção, respeito mútuo e consideração.

Prazer dos prazeres e privilégio dos privilégios. Esta é a representação final do estágio de comprometimento. Ele expressa a crença de que o dominador e o submisso dividem um genuíno e crescente desejo de dividir suas vidas, e talvez para o resto de suas vidas.

Agora você é o honrado escrado de seu dominador e pertence totalmente a ele/ela. Neste ponto o contrato deverá ser escrito,o que não é muito diferente de um contrato de casamento descrevendo os direitos e deveres de cada um. Este é um dos momentos mais maravilhosos na vida do escravo e também do dominador. Você agora chegou no nível que muitos sonham. Geralmente esta coleira é usado no estilo 24/7 e o escravo, se com sorte, estará presente na casa de seu dominador(a).

A aparência tradicional da coleira de um escravo é de material como couro preto ou metal, que é adornado com objetos e detalhes de cor bronze ou prata. Esta coleira é criada especificamente para um submisso em especifico e geralmente é um design original. Você pode adicionar um cadeado com chave. Uma coleira com cadeado pode simbolizar a transferência de poder do submisso ao dominador em que a chave estiver em posse. Talvez até uma etiqueta seja adicionada ao anel.

Coleira de Posse.

Em casos extremos ser escravo não é suficiente. O escravo quer ser possuído, completamente. O escravo quer ser propriedade absoluta de seu Mestre e quer presentea-lo  com sua vida e alma.

Neste ponto o contrato atual é cancelado, refeito e finalizado. Você não será mais dono de você, mas propriedade de outro ser humano. Este não é apenas uma das maiores honras de um escravo como para o mestre também. O seu mestre é seu dono a partir de agora.

Este é um passo emocional muito profundo, vai muito além do que qualquer casamento baunilha foi. Este é como um casamento sem a opção de divórcio. Será levado até a morte.



Coleira de Casa.

Coleira de casa é usado em clubes, casas e organizações que provém espaço social para proteger submissos. Coleiras de casa mostra que o submisso está sob a orientação da casa e não deve ser aproximado. Isto é geralmente usado com submissos inexperientes que não estão prontos para tomar suas próprias decisões e necessitam de tempo para aprender.

Cyber Coleira (Coleira Virtual).

São coleiras virtuais usadas por pessoas que não tem experiência na vida real.Eles vivem a vida de dominador e escravo na imaginação. Esta criação tentar imitar a coleira da vida real mas tende a ser trocada principalmente entre pessoas do BDSM virtual. O uso da coleira virtual tende a diminuir conforme o iniciante no BDSM vai explorando a vida BDSM real.

Coleira de Velcro.

Muitos de nós que está em algum estágio do BDSM real chamam de coleira de velcro por ser facil de tirar e colocar. O que muitas pessoas não vêem é que estas coleiras de velcro são pouco respeitadas na comunidade BDSM. Se a pessoa é dominador hoje e no dia seguinte é encoleirado e na outra semana tira pra encoleirar de novo, pra depois tira e volta a dominar e depois encoleirado, e ao mesmo tempo usando coleiras de outros dominadores, você é um ser muito patético. Este tipo é o que mais tem e infelizmente a causa de nos ridicularizarem.

Fonte: BDSM Digest

2 comentários sobre “Tipos de Coleiras

  1. Salve Gas

    Ficou muito legal a tradução e adaptação de rianah diretamente do BDSM Digest, estamos trazendo de fora os textos que achamos ter relevância e importância para divulgá-los no Confraria BR.
    Como é um texto não só traduzido, mas sim adaptado, com a anuência dos autores, acho legal ter esta citação.
    Em breve teremos mais alguns, aguardando apenas a aprovação dos autores para traduzir e postar.
    E mais um trabalho muito interessante que pretendo soltar até o fim de semana.

    abraços
    ♠ Lestat D´Ladonia

  2. Saudações grande amigo!

    Na verdade eu achei este texto diretamente do BDSM Digest. Este tópico estava na fila para traduzir faz tempo; não sabia que sua sub já tivesse traduzido. De certo teria pego com vocês a tradução e me pouparia tempo. rsrs…

    Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s